O milagre que levou “Obi Wan Kenobi” a converter-se ao catolicismo

0

Sir Alec Guinness é um dos atores mais reconhecidos do século 20. Embora tenha atuado em muitos filmes ao longo de sua vida e ter ganho muitos prêmios, é conhecido mundialmente por ter interpretado o personagem Obi-Wan Kenobi na trilogia original de Star Wars. O que muita gente não sabe é que à idade de 42 se converteu ao catolicismo, em parte devido a um fato milagroso.GUINNES

Guinness nasceu em 1914 em Londres em uma família com problemas. Nunca conheceu seu pai e se criou na pobreza. Apesar de ter recebido a Confirmação na Igreja anglicana aos 16 anos, não estava seguro do que realmente pensava sobre a religião. Logo trocou a fé anglicana pelo presbiterianismo, o ateísmo, o marxismo, o budismo. E, como um típico inglês de princípios do século 20, o catolicismo não lhe inspirava interesse algum.

Enquanto ensaiava para a obra Hamlet, um sacerdote anglicano se aproximou dele e explicou que fazia mal o sinal da cruz e mostrou-lhe o modo correto. Este encontro teve um impacto espiritual no ator que recuperou certo interesse no anglicanismo.

Sentiu-se mais atraído à fé anglicana durante o turbilhão da Segunda Guerra Mundial, mas em 1954 aos 40 anos de idade outra experiência o levou a considerar o catolicismo.

 Estava na França trabalhando no filme “O Padre Brown”, baseado no famoso sacerdote que resolvia crimes, criado pelo escritor católico britânico GK Chesterton. Ele era o protagonista e andava vestido como sacerdote católico. Enquanto caminhava pela rua, um menino do lugar o confundiu com um verdadeiro sacerdote. O menino correu, tomou sua mão com confiança, e caminhou com ele.

A confiança e o afeto do menino para com os sacerdotes católicos tiveram um profundo impacto nele e começou a pensar seriamente no catolicismo.

Sobre esta experiência alguma vez disse: “Enquanto continuava minha caminhada, pensei que uma Igreja que podia inspirar tanta confiança em um menino, fazendo que os sacerdotes, embora desconhecidos, fossem de tão fácil acesso, não podia ser tão intrigante ou horripilante como tantas vezes era apresentada. Comecei a me desprender de meus antigos preconceitos que foram aprendidos e absorvidos”.

Pouco depois, seu filho Mateo contraiu poliomielite e parecia estar perto da morte. Desesperado e procurando ajuda divina, Guinness começou a visitar uma igreja católica local para orar.

Então fez um trato com Deus: se Mateo se curava, ele se converteria ao catolicismo.

Contra todas as expectativas, seu filho se recuperou. Foi então que Guinness e sua esposa o inscreveram em um colégio jesuíta. Uns anos mais tarde, Guinness, sua esposa e seu filho se converteram ao catolicismo.

Guinness seguiu sendo um católico fiel o resto de sua vida até sua morte no ano 2000.

Ajude-nos a divulgar compartilhe !!!.