Padres da Diocese no SINE

0

O Padre Fábio Marsaro, coordenador diocesano de pastoral, juntamente com o Padre José Júlio e o Diácono Wanderley estão em São José dos Campos na formação do SINE ( Sistema Integral da Nova Evangelização) para uma possível implantação nas Paróquias de nossa Diocese!

O SINE é um Sistema Integral da Nova Evangelização ou poderíamos entender como a Nova Evangelização cumprida em nossas Paróquias de forma Sistemática e Integral.

Esse sistema é apenas uma forma ordenada de cumprirmos a terceira situação descrita pelo Papa em RM 33, como Reevangelização ou Nova Evangelização, ou seja, sem desordenar a Pastoral em que já estamos, precisamos urgentemente acrescentar a dimensão missionária, pois em muitos países, apesar de a Igreja já estar implantada, ainda existem muitas pessoas que não conhecem Jesus Cristo e seu Evangelho. Por isso, nesses países, a Igreja deve viver, de forma ordinária, as duas situações ao mesmo tempo: MISSÃO + PASTORAL, o que define a expressão Nova Evangelização.

O SINE, então, é um Plano que apenas sistematiza, ou seja, coloca em etapas lógicas e sucessivas a oferta integral de vida cristã, a partir das próprias paróquias, partindo do momento Missionário, ou seja, da experiência Querigmática, que leva a um encontro pessoal com Jesus Cristo vivo. Para esse momento, o plano contempla a saída missionária em duas dimensões: missões intensivas querigmáticas uma vez por ano e visita integral permanente durante todo o ano casa por casa, o que coloca as paróquias em permanente estado de Missão.

Em seguida, há a oferta da etapa Pastoral da Igreja, contemplando a construção da comunhão com formação de Pequenas Comunidades, a formação permanente com a oferta de Catequese a todos (crianças, jovens e adultos), a oferta Sacramental, porém dentro da etapa pastoral, conseqüentemente depois de uma adesão pessoal a Jesus Cristo e a Ação Social, não só emergencial, como também promocional e até microestrutural.

Para que toda essa oferta chegue a todos, o Plano contempla ainda mais dois elementos como essenciais: o envolvimento apostólico de todos e Paróquias setorizadas territorialmente, possibilitando a setorização das pastorais, descentralizando a oferta da Igreja dos Templos paroquiais e aproximando a oferta de onde as pessoas moram ou trabalham.

Com esses elementos o Plano contempla o cumprimento de todas as dimensões da Integralidade que tem com meta IR A TODOS (e ao homem todo), ENVOLVER TODOS E DAR TUDO.

 

Ajude-nos a divulgar compartilhe !!!.