Faleceu dom Czeslaw Stanula, bispo emérito de Itabuna (BA), aos 80 anos

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Faleceu na noite desta quinta-feira, 14 de maio, o bispo emérito de Itabuna (BA), dom Czeslaw Stanula, aos 80 anos. O prelado estava internado no Hospital Jorge Valente, em Salvador (BA), desde o último dia 6, vítima de choque séptico, pneumonia, chicungunha e neoplasia da próstata. O velório e sepultamento ocorrerem hoje, 15, de forma restrita, às 15h, no Cemitério Jardim da Saudade, no Bairro de Brotas, na capital baiana.

Biografia

Missionário Redentorista, dom Czeslaw Stanula nasceu em 7 de março de 1940, Szerzyny, na Polônia. Chegou ao Brasil no dia 12 de abril de 1972. Em Bom Jesus da Lapa (BA), ocupou as funções de Superior da Missão Redentorista da Bahia por nove anos. Foi reitor do Santuário de Bom Jesus da Lapa, pároco, vigário geral da diocese, professor do Colégio de São Vicente, diretor da Gráfica “Bom Jesus”, assistente eclesiástico e orientador da Congregação das Filhas de Fátima e pregador das Santas Missões Populares. Neste período, escreveu um pequeno “Catecismo Popular”.

Em Salvador, atuou na comunidade de São Lázaro e paróquia da Ressurreição, no bairro Ondina. Teve atuações como vigário paroquial e diretor espiritual do Encontro dos Casais com Cristo (ECC) e do “Grupo Repartir”. Também dedicou-se à Pastoral Familiar, trabalhou como professor na Escola Superior de Fé e Catequese “Lumen Christi”, superior da Comunidade Redentorista de São Lázaro e pároco da paróquia de Ondina.

Foi nomeado bispo diocesano de Floresta (PE), pelo Papa João Paulo II, no dia 23 de agosto de 1989. Escolheu como lema “Vox Clamantis in Deserto” (Voz que Clama no Deserto). Atuou como animador da Vida Consagrada no Regional Nordeste 2 da CNBB e foi membro da Comissão Episcopal de Pastoral no regional, onde também foi o responsável pela Família e pela Comunicação. Em 1997, foi nomeado bispo da diocese de Itabuna (BA), tomou posse no dia 26 de outubro daquele ano. Ali, exerceu seu ministério episcopal por 20 anos, até que se tornou bispo emérito, em 2017. No regional Nordeste 3 da CNBB, foi bispo referencial da Pastoral Familiar, dos Leigos e da Renovação Carismática, e também presidente.

Desde que tornou-se emérito, retornou para a Congregação Redentorista, residindo na Comunidade Redentorista Santo Afonso, em Salvador (BA), e colaborado com as celebrações na paróquia da Ressurreição do Senhor e no Carmelo da Bahia.

Share.

About Author

Comments are closed.