null

Pe. VICENTE BORTOLATTO

Pároco
null

Pe. CLAUDINEI DE FREITAS

Vigário

PARÓQUIA SANTO EXPEDITO - CATANDUVA/SP

HORÁRIO DE MISSA

Quarta: 19h30
Sábado: 
18h00
Domingo: 10h00 / 18h00
1ª Sexta do Mês: 19h30 – Sagrado Coração
2ª Quinta do Mês: 20h00 Adoração
Todo dia 19: Terço e Missa de Santo Expedito 15h00 e às 19h30

CONFISSÃO

Sábado: 08h00 às 10h00

INFORMAÇÕES GERAIS

Secretaria funcionamento:
Segunda a Sexta:
08h00 às 11h00 das 13h00 às 17h00
Sábado:
08h00 às 12h00
Endereço: Rua Cordeirópolis, 80
Bairro: Residencial Agudo Romão
Telefone: (17) 3525-0148
E-mail[email protected]

PADROEIRO DA PARÓQUIA

Santo Expedito – Dia do padroeiro 19 de abril

Era um militar, comandante da 12º Legião Romana baseada em Malitene, na Copadócia (atual Armênia), legião esta intitulada “Fulminante” devido a gloriosa vitória contra os bárbaros às margens do rio Danúbio, e composta em sua maioria de cristãos.

Tocado pela graça de Deus, converteu se ao cristianismo, mesmo sob ameaças de perseguição do Imperador Galério, e resolveu mudar de vida. Foi então que o demônio lhe apareceu, sob a forma de um corvo e lhe segredou: “Cras … cras … cras”, palavra latina que significa: amanhã … amanhã … amanhã, isto é, deixe para amanhã, não tenha pressa, adie sua conversão. Mas Santo Expedito, pisoteando o corvo, esmagou o gritando: “Hodie”, que significa hoje, nada de protelações … é pra já!

Pelo seu próprio nome, o santo é invocado nos casos, que exigem solução imediata, nos negócios em que qualquer demora poderá casas prejuízo. Protetor da juventude, os estudantes a ele recorrem para ter êxito nos exames. Santo Expedito não adia seu auxílio para amanhã. Ele atende hoje mesmo ou na hora que precisar de sua ajuda. Mas ele espera que também não deixemos para amanhã nossa conversão.

Tendo se recusado a adorar os deuses pagãos, foi flagelado e depois decapitado em 303, na cidade de Melitene, no dia 19 de abril, data em que é celebrada sua festa.

Santo Expedito é representado de pé, vestido de soldado romano, com uma capa vermelha, tendo na mão esquerda a palma do martírio e na direita uma cruz, onde está escrito: HODIE.

Esmaga com o pé direito um corvo, junto ao qual aparece a palavra CRAS e tem no chão, ao lado do pé esquerdo, o capacete militar romano, simbolizando que deixou de lado a carreira militar para empunhar a cruz, símbolo do cristianismo.

Seu culto, iniciado no locar do martírio, passou para Alemanha Meridional, Itália, especialmente na Sicília, onde é padroeiro de Aci Reale. Venerado no sul da França e na Espanha, sua devoção no Brasil vem sendo cada vez mais difundida.

Na Região de Presidente Prudente, mais precisamente na cidade de Santo Expedito está em construção o grande Santuário Nacional.

SOBRE A PARÓQUIA

A história da paróquia iniciou-se com o Grupo de Oração da comunidade, porém já havia no local uma capela de Nossa Senhora que passava por 30 famílias e que uma vez por semana se reuniam numa casa para rezar, meditar a Palavra com o auxilio de fieis da paróquia Santo Antônio.
Em 1994 o grupo se iniciava numa pequena escola na Vila Engrácia onde hoje é um centro comunitário. Formavam o grupo, alguns servos do Grupo de Oração Bom Pastor da paróquia Santo Antônio.

Com o passar do tempo foi preciso escolher um nome para o novo grupo que surgia. Escolheram o nome “Renascer”. O grupo de Oracão Renascer existe até hoje na paróquia. Com o passar dos meses o salão da vila Engracia ficou pequeno com o tanto de pessoas que vinham rezar. Nesta circunstância, deram a idéia de conseguir, de alguma forma, algum terreno para que pudesse ser construída uma igreja, pois os bairros: Santa Paula, Vila Engracia, Martani, Jardim Primavera, Jardim Del Rey e Agudo Romão ficavam distantes da paróquia Santo Antônio e também o acesso era difícil, visto que o único bairro asfaltado era a Vila Engracia.

Ganharam o terreno da Família Pachá (Miguel e Anísio) e o proprietário desejou que fosse Santo Expedito o padroeiro da futura paróquia.O Grupo começou a trabalhar com quermesses, pizzas e outras promoções para a construção da igreja. A comunidade começou a se formar num espírito de unidade e comunhão com os servos do grupo.

Lá eles tiveram o apoio dos padres que por aqui passaram: Pe Amorin, Pe Simão e Pe Lino. Em 1997 algumas pessoas lideram a construção da igreja. Aos homens ajudavam na construção. O primeiro espaço a ser construído foi o salão que hoje são as duas salas de catequese e reunião. No dia 08 de janeiro de 1996, quando o salão ficou pronto, o grupo de oração passou a ser feito lá. Era um trabalho árduo, mas abençoado! Muitas doações chegavam.

O grupo fazia, já antes de ser quase-paróquia, alguns trabalhos pastorais, como visitas aos doentes, aconselho aos casais, plantão de oração, cestas básicas de alimentos, catequese, vicentinos e o terço as 15h todo dia 19 e, louvou a Santo Expedito. Após construído este salão, passou-se a construir, junto desse, um salão maior, hoje salão de festas. Neste local aos domingos às 16h começou a ter Missas. Após o salão, a comunidade começou a fazer promoções para a construção da igreja ao lado do salão de festas.

No dia 14 de fevereiro de 1998 fizeram pizzas, a primeira promoção em prol da igreja.Em janeiro de 1999, ainda Diocese de São José do Rio Preto, a igreja já estava construída, coberta, rebocada, com a ferragem e contra-piso. O Pe Osvaldo Donizete da Silva (Barrinha) chegou para administrar a quase-paróquia Santo Expedito. Após um ano foi elevada a Paróquia por Dom Orani, na época Bispo de Rio Preto e hoje Cardeal da Igreja.

Nesse período vale destacar os vários horários de terços e Missas nos dias 19 de cada mês que atraia fieis de Santo Expeditos vindo de várias paróquias da diocese.

FOTOS DA PARÓQUIA